quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

5 coisas que você deve saber sobre investir na poupança

Você já deve ter ouvido a expressão "colocar o seu dinheiro para trabalhar", mas o que realmente quer dizer? Bem, hoje em dia, há muitos opções para aplicar seu dinheiro e aguardar o retorno de investimentos sem precisar colocar a mão na massa, como é o caso de quem investe na poupança. Mas antes de investir é importante entender como este processo funciona. Veja a seguir 5 coisas que você deve saber sobre investir na poupança.

Imposto de Renda

O Imposto de Renda é uma taxa aplicada sobre os rendimentos tributáveis do contribuinte e deve ser cumprida anualmente. Nem todo mundo sabe, mas quando se aplica na caderneta da poupança, você fica livre dos descontos! Esta é uma das principais razões pelas quais o investidor pode optar pelo rendimento da poupança.

Entretanto, você deve manter em mente que se atingir acima de R$ 40 mil nos lucros do rendimento de sua poupança, será necessário declarar o IRPF 2019. Por isso, é fundamental que você fique atento aos cálculos para não cair na malha fina com a Receita Federal!

Segurança

Como você já deve saber, é muito difícil que um banco venha a falência. Graças ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que assegura o rendimento do contribuinte, mesmo que o banco decrete falência total, o investidor ainda poderá reaver boa porcentagem do seu dinheiro de volta.

A poupança é segura e você pode confiar que seu dinheiro estará livre de golpes e bem guardado. Mas vale mencionar que o FGC tem um limite de proteção de R$ 250 mil por CPF, e não é garantido o retorno do valor excedido após este limite.

Liquidez

Um ponto muito positivo para quem prefere investir junto ao banco é a simplicidade e o acesso ao seu investimento quando você precisar. Esta é um das maiores vantagens.

As transições são garantidas, então se precisar realizar um saque, depósito ou extrato bancário, você pode fazê-los automaticamente quando for necessário!

Rentabilidade

No geral, o banco pode apresentar uma rentabilidade de 6% ao ano, o que irá render um bom dinheiro extra para você. Além de não precisar se envolver em situações complexas, você receberá os rendimentos de forma simples em sua conta. Ou seja, a garantia que será acrescentado ao investimento que você realizou com a sua poupança inicial é maior do que a maioria dos tipos de investimentos.

Valor inicial baixo

A melhor facilidade de quem quer começar a investir junto a poupança é que qualquer um pode fazer, já que não depende de valor inicial médio.


Claro que quanto maior o investimento, maior o retorno, entretanto, até um depósito simples pode acabar rendendo um dinheiro extra para o titular.